SHEILLA SUPERA HOOKER E É ELEITA A MELHOR DO MUNDO


Não foi só na Olimpíada que Sheilla se deu melhor sobre a norte-americana Destinee Hooker.
Além da vitória dentro das quadras, a brasileira venceu um duelo 'à parte' com a atual jogadora do Dínamo Krasnodar na eleição de melhor oposta do mundo em 2012, promovida pelo site italianao volleybal.it. Com 981 votos, a bicampeã olímpica 'massacrou' a rival, que teve somente 503, e ficou com o chamado "Globo do Vôlei".

A eleição é promovida anualmente pelo site e coloca frente a frente aquelas que são consideradas as melhores jogadoras de vôlei em nível internacional. O público, então, pode votar e decidir quem fica com o prêmio.

Enquanto no masculino, apenas o levantador Bruninho levou a honraria para o Brasil, no feminino havia outros quatro brasileiros na disputa: a ponteira Jaqueline, a central Thaísa, além dos técnicos Bernardinho e José Roberto Guimarães.

A eleição das ponteiras foi bem acirrada, mas a sul-coreana Kim Yeon-Koung acabou levando a melhor sobre Jaqueline, por uma diferença de apenas 6% dos votos - a brasileira foi a preferia por 1571 pessoas, enquanto Kim foi a escolhida por 1794 'eleitores'.

Como meios-de-rede, Thaísa estava concorrendo com a italiana Valentina Arrigheti e levou um banho da rival. A jogadora do Sollys/Nestlé até recebeu um bom número de votos - 1073 -, mas Valentina mostrou todo seu carisma na eleição e foi escolhida por nada menos que 3060 pessoas.

Na disputa 'brasileira' de técnicos, Bernardinho levou a melhor sobre seu rival na Superliga, Zé Roberto. Apesar de o técnico da seleção brasileira feminina ter conquistado o bicampeonato olímpico em 2012 - enquanto o comandante da Unilever foi vice-campeão da Superliga -, o treinador do Rio de Janeiro foi o preferido do público, com 890 votos, contra 765 do adversário.

Veja a 'seleção do mundo' eleita pela votação do site volleyball.it:

Levantadora: Nootsara Tomkon (Tailândia)

Ponteira: Kim Yeon-Koung (Coreia do Sul)

Oposta: Sheilla Castro (Brasil)

Central: Valentina Arrigheti (Itália)

Líbero: Enrica Merlo (Itália)

Técnico: Bernardinho (Brasil)

Fonte: http://esportes.br.msn.com

←  Anterior Proxima  → Página inicial