POR QUE NÃO SE USA MAIS A NOTA DE UM REAL?


As notas de 1 real deixaram de circular em 2005. Na época, o Banco Central aumentou a circulação das moedas de 1 real, para que suprissem a falta das cédulas. 


Eram 174,2 milhões de reais em notas contra 1 bilhão de reais em moedinhas. Havia, porém, um grande revés: o preço de produção das moedas. Feitas de alpaca e aço revestido de bronze, cada uma custava 24 centavos para ser produzida. As notas de 1 real, por sua vez, saíam por metade desse valor. Apesar disso, o BC argumentou que as moedinhas duravam cerca de 30 anos, enquanto as notas de papel aguentavam aenas 11 anos no mercado. A instituição também argumentou que as moedas são mais higiênicas que as notas, principalmente as de 1 real, que trocavam muito de dono.
Quer ver outro dinheiro que sumiu? A moedinha de 1 centavo. Cada uma custava 9 centavos de real para ser produzida pela Casa da Moeda. E, no final das contas, o brasileiro não dava muita importância para as pequeninas, que acabavam renegadas no fundo de alguma gaveta. Em 2004, o Banco Central decidiu parar de produzi-la, embora ela continue circulando.

Fonte:  http://colunistas.ig.com.br/curioso/2010/02/04/as-cedulas-nota-10/
←  Anterior Proxima  → Página inicial