DISTIMIA: depressão leve e persistente



O que é distimia?O que é distimia?

O transtorno distímico é caracterizado por um quadro de depressão crônica, porém menos grave que o transtorno depressivo maior. O sintoma essencial da distimia é o achado de depressão do humor, quase que diariamente, por um período de pelo menos dois anos, porém sem necessidade dos outros critérios de depressão maior. Comumente, os pacientes queixam-se também de distúrbios do apetite e do sono, bem como de baixa auto-estima.


Os pacientes com distimia relatam que não se lembram de períodos nos quais não se sentiram deprimidos, no entanto conseguem levar a vida de maneira relativamente normal. Todavia, os sintomas costumam ser graves o suficiente para causar estresse e interferir com importantes responsabilidades do dia-a-dia. É importante sempre descartar a presença de alguma outra doença concomitante, que possa ser a causa dos sintomas. O problema é definir se a doença orgânica está causando diretamente a depressão, ou se está apenas criando um estresse psicológico crônico, que seria o responsável pelo desenvolvimento dos sintomas depressivos.

Quais os sintomas da distimia?
Mau humor, irritação, impaciência e negativismo suaves porém constantes.

Tristeza, angústia e/ou mal estar, mas que não impedem a pessoa de ter relacionamentos ou trabalhar.

Dificuldade em encontrar prazer nas pequenas coisas do dia-a-dia.

Perceber a vida como um fardo, onde coisas simples parecem complexas, atrapalhando a tomada de decisão e a realização das coisas.

Desinteresse em enfrentar as dificuldades da vida.

Os processos acima podem não ser diários, oscilando entre o normal e o humos distímico.

←  Anterior Proxima  → Página inicial