CONHEÇA O TRABALHO DOS DOUTORES DA ALEGRIA


Em 1986, Michael Christensen, um palhaço americano, diretor do Big Apple Circus de Nova Iorque, apresentava-se numa comemoração num hospital daquela cidade, quando pediu para visitar as crianças internadas que não puderam participar do evento. Improvisando, substituiu as imagens da internação por outras alegres e engraçadas. Essa foi a semente da Clown Care Unit™, grupo de artistas especialmente treinados para levar alegria a crianças internadas em hospitais de Nova Iorque. 


Em 1988 Wellington Nogueira passou a integrar a trupe americana. Voltando ao Brasil, em 1991, resolveu tentar aqui um projeto parecido, enquanto ex-colegas faziam o mesmo na França (Le Rire Medecin) e Alemanha (Die Klown Doktoren). Os preparativos deram um trabalho danado, mas valeu: em setembro daquele ano, numa luminosa iniciativa do Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, em São Paulo (hoje Hospital da Criança), teve início nosso programa. 

Doutores da Alegria é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos que já realizou mais de 800 mil visitas a crianças hospitalizadas em hospitais de São Paulo, Recife e Belo Horizonte. E já que a nossa plateia é hospitalar, tratamos de criar um movimento no Rio de Janeiro convidando os artistas locais a levarem diferentes manifestações artísticas para oito hospitais estaduais. A nossa missão é promover a experiência da alegria como fator potencializador de relações saudáveis por meio da atuação profissional de palhaços junto a crianças hospitalizadas, seus pais e profissionais de saúde – e compartilhar a qualidade desse encontro com a sociedade com produção de conhecimento, formação e criações artísticas. 



Nosso berço e sede central, São Paulo sempre nos apresentou desafios proporcionais a seu tamanho. Foi aqui que nascemos há mais de 450... ops, essa é a cidade... a nossa idade é contada desde 1991, quando a primeira dupla de palhaços passou a entrar regularmente num hospital brasileiro. Nessa época de sem-sede, fomos muito bem-vindos na casa de Dona Bemvinda, mãe de Wellington Nogueira, que serviu de plataforma de lançamento para todo o crescimento que viria depois. A ela, primeira-dama-a-acreditar, nossas eternas narigadas de agradecimento. O sobrado que ocupamos hoje, terceira casa de nossa história em São Paulo, conta com dependências administrativas e um galpão onde criam e treinam nossos artistas.


Em São Paulo estamos em 8 hospitais, temos um elenco de 29 palhaços (9 deles ocupam funções pedagógicas e de coordenação); alguns volta-e-meia saem mundo afora em trabalhos ou estudos pessoais e voltam ainda mais afiados. Nos bastidores estão 30 profissionais das áreas financeira, administrativa, acadêmica, de marketing, comunicação e serviços gerais.


Sede central dos Doutores da Alegria
Rua Alves Guimarães 73 / Pinheiros
05410-000 / São Paulo / SP
(11) 3061.5523
doutores@doutoresdaalegria.org.br

Fonte: http://www.doutoresdaalegria.org.br 










←  Anterior Proxima  → Página inicial