Ovos são aliados no combate ao colesterol


Tido como vilão por décadas, o ovo passou a ser o mocinho da história. É que pesquisadores americanos descobriram nele um composto natural que reduz a absorção do colesterol. Você vai dizer: mas o ovo é o colesterol em pessoa! É verdade. Uma única unidade contém 213 mg, quase o total da ingestão diária recomendada (300 mg).

No entanto, também está comprovado que, para 70% das pessoas, o colesterol do ovo não causa impacto significativo no nível de gordura sanguínea. A elas, permite-se o consumo de até um ovo por dia. Para os 30% restantes, sugere-se moderação no consumo, mas não sua exclusão total da dieta. A boa notícia não é só essa. O alimento também nos protege de outras doenças.

Fique ligada!

O ovo é o alimento que tem menos calorias do que qualquer outra fonte de proteína. Uma unidade tem cerca de 70 calorias e 1,5 g de gordura saturada. Para se ter uma ideia, apenas uma fatia de queijo branco contém o dobro desse valor!

O ovo é bom para combater...

Alzheimer e Parkinson
O ovo contém uma substância chamada colina, que é essencial para a boa saúde do cérebro e para a formação de novos neurônios.

Artrite
Rico em ferro, esse alimento reduz as dores no corpo e melhora o desempenho físico.

Estresse
Ele é uma excelente fonte do aminoácido que eleva os níveis de serotonina no cérebro (substância que aumenta o bem-estar).

Colesterol
Tem uma substância chamada fosfolipídeo, que reduz a sua própria absorção, evitando o entupimento das artérias.

Cegueira da idade
Nosso "herói" contém antioxidantes (como a luteína e a zeaxantina) que ajudam a prevenir essa doença.

Infarto e derrame
Do total de gorduras contidas em um ovo, a maioria é de monoinsaturadas, a gordura do bem que protege o nosso coração de doenças.

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br
←  Anterior Proxima  → Página inicial