História da Copa Libertadores da América


A Copa Libertadores da América (Taça Libertadores de América) é o principal torneio de futebol interclubes da América. Organizado pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), a Copa Libertadores da América começou a ser disputada em 1960 com o nome de Copa Campeões da América.

Em 1948 foi disputado o Campeonato Sul-americano de Clubes Campeões em Santiago, Chile. O torneio contou com a participação de campeões nacionais da Argentina (River Plate), Chile (Colo-Colo) e Uruguai (Nacional); campeões regionais: Deportivo Litoral (La Paz - Bolívia) e Vasco da Gama (Campeonato Carioca); além da participação do vice-campeão peruano (Deportivo Municipal) e do Emelec do Equador como convidado. O Vasco da Gama venceu a competição disputada com todas as equipes se enfrentado em turno único.

O Campeonato Sul-Americano de Campeões é considerado pela Conmebol o embrião da Libertadores. Em 1996 a entidade sul-americana reconheceu o título vascaíno para que o Clube, permitindo a inclusão do clube carioca na Supercopa dos Campeões da Copa Libertadores, torneio extinto em 1997.

Nos primeiros anos, participavam da Copa Libertadores da América apenas os campeões nacionais dos países. Na primeira edição, em 1960, participaram os campeões de sete países: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Paraguai e Uruguai. O Peñarol se sagrou campeão contra o Olímpia do Paraguai.

Em 1965 o campeonato passou a se chamar pelo seu nome mais conhecido: Copa Libertadores da América, homenagem aos líderes de independência dos países da América Latina e porque foram admitidos os vice-campeões nacionais ou campeões da copas nacionais. Nas décadas seguintes a competição começou a incluir mais países (incluindo o México, seleção filiada à Concacaf), incluiu mais participantes com o passar do tempo até chegar aos atuais 38 participantes.
O torneio mudou de nome em 1998 para Copa Toyota Libertadores, devido ao patrocinador oficial. Em 2008 voltou a mudar com a mudança de patrocínio. A partir de 2008 o nome oficial da Copa Libertadores da América é Copa Santander Libertadores.

A equipe com mais títulos é o Independiente da Argentina (sete). O primeiro campeão foi o Peñarol do Uruguai. O primeiro campeão brasileiro foi o Santos de Pelé em 1962. O Brasil ganhou 15 títulos da Copa Libertadores. São 3 títulos do Santos e São Paulo (cada); 2 títulos do Cruzeiro, Grêmio e Internacional (cada) e 1 título do Flamengo, Palmeiras e Vasco da Gama (cada).

Até 2004, o campeão da Copa Libertadores da América disputava com o campeão europeu o Mundial Interclubes. A partir de 2005 o campeão da Libertadores disputa a Copa do Mundo de Clubes da FIFA, com todos os clubes campeões continentais.

Títulos da Copa Libertadores da América por equipe:
7 títulos - Independiente
6 títulos - Boca Juniors
5 títulos - Peñarol
4 títulos - Estudiantes
3 títulos - Nacional, Olímpia, Santos e São Paulo
2 títulos - Cruzeiro, Grêmio, Internacional e River Plate
1 título - Argentinos Juniors, Colo-Colo, Flamengo, LDU, Nacional Medellin, Once Caldas, Palmeiras, Racing, Vasco da Gama e Vélez Sársfield

Títulos da Copa Libertadores da América por país:
22 títulos - Argentina
15 títulos - Brasil
8 títulos - Uruguai
3 títulos - Paraguai
2 títulos - Colômbia
1 título - Chile e Equador

Fonte:http://quadrodemedalhas.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial