Como manter seus filhos seguros na internet


As crianças andam assumindo muitos riscos na internet enquanto a maioria dos pais parece não perceber isso. Mas se você que pretende mudar este quadro, poderá encontrar à seguir diversas dicas para a segurança das crianças na internet.
Primeiramente você precisa fazer seu filho entender que assim como você, para sua própria segurança, não o deixa ir sozinho em qualquer lugar, ele também precisa prestar contas dos lugares que visita na internet. Assim como no mundo real existem perigos, estes também estão presentes no mundo virtual.
Se sites de redes sociais e fóruns como o Orkut e Facebook tem idade limite para seus usuários se registrarem, os pais devem ser os primeiros a orientar que estes limites sejam respeitados.
As crianças que já estão nas redes sociais devem saber que os próprios precursores destas redes afirmam que nunca adicionam como amigos pessoas que não conhecem no mundo real. Essa deve ser uma regra adotada para todas as crianças que usam o computador ou smartphones. Os programas de mensagem instantânea também devem ser incluídos nesta norma. Não se deve adicionar alguém simplesmente porque recebeu um convite.
Manter o olho no perfil do Facebook de seu filho com freqüência também é fundamental. Para os pais mais vigilantes, outra possibilidade, é instalar um software que controle ou grave o que a criança faz durante o tempo que passa online. Mas para não haver quebra de confiança entre pais e filhos seria importante que a criança soubesse disso e que essa vigilância é para o seu bem e não para invadir sua privacidade.
Não é aconselhável que menores de idade tenham um computador no próprio quarto ou em algum lugar privado onde possam trancar a porta, por exemplo.
O Windows possui nativo o “Controle dos Pais”, uma opção de controle que limita vários aspectos do uso do computador pelos filhos como horários, sites, jogos e programas. Outros programas podem ser baixados separadamente.
Nenhuma destas técnicas substitui uma conversa franca sobre os riscos de se expor na internet, que todos os pais deverão em algum ponto ter com seus filhos. E reforçá-la de tempos em tempos. Dialogue numa boa sobre as consequências de fazerem vídeos ou fotos de si mesmos nus via internet ou celular. Dê exemplos da mídia do que pode ocorrer nestes casos. Pergunte o que acham que aconteceria quando uma foto destas fosse compartilhada entre todos seus amigos da escola e como seria virtualmente impossível de fazê-la desaparecer da internet.

Fonte:http://hypescience.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial